Pela campanha de emplacamento de veículos

O tenente Mário Elias traz um quadro interessante do emplacamento de veículos no município até 25 de agosto deste ano. Baseado no último Censo, Itapoá teria 11.489 habitantes e frota de 3.438 veículos.
Em Garuva seriam 14.281 habitantes e 5.557 veículos; no alto da serra, Campo Alegre, números não muito distantes do Censo de Itapoá (11.730 habitantes) para uma frota de veículos bem superior: 5.661.
Por isso mesmo é que o prefeito Ervino Sperandio insiste em dois pontos fundamentais para mudar a realidade do município. Primeiro, a população que vive aqui deve revelar este fato ao Censo 2010, e não fazer como muitos, como já foi constatado, que moram em Itapoá, utilizam de seus serviços até mesmo da Prefeitura e quando interrogados pelos recenseadores declaram que residem em outra cidade. Agindo assim, prejudicam o município, porque com número maior de habitantes Itapoá receberia maior repasse de verbas da União.
Outro ponto defendido pelo prefeito é o emplacamento de veículos. A perda de IPVA em 1 ano para Itapoá equivale à construção de três postos de saúde, ou a compra de três retroescavadeiras, ou o ensaibramento de 80 quilômetros de estrada.
Ervino dá um exemplo: um carro no valor de R$ 50 mil emplacado aqui rende para o município R$ 2.125,00 de ICMS mais R$ 500,00 de IPVA. Sem falar que, para o proprietário, trata-se de economia.
O IPVA de Santa Catarina é um dos mais baratos do país. Apesar de tudo, aponta o prefeito, de junho para julho foram transferidos apenas 28 veículos, enquanto que no mesmo período Garuva emplacou 48.

Anúncios

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: