Ninguém aguenta – Por Josafa dos Santos

É difícil ter de escrever sobre certos assuntos sobre os quais não queria ter de comentar, mais como esta é uma coluna onde a verdade tem de vir à tona, não posso me omitir em ‘tocar no assunto’. Esta semana várias pessoas me relataram que o ex-prefeito Ademar Ribas do Valle foi condenado em primeira instância por improbabilidade administrativa, já que logo após ser eleito (porém antes de assumir), o mesmo criou um suposto contrato de arrendamento de um posto de combustível de sua propriedade para poder se beneficiar – após ser diplomado prefeito -, da venda do produto para a prefeitura. Ademar e seu ‘sócio’, foram condenados a pagar uma alta quantia em dinheiro, se tornando inelegível nos próximos cinco anos, mas podendo recorrer da sentença.
Como o urubuzão tem uma visão e faro espetacular para localizar podridão, não poderia deixar de comentar sobre a SC – 415. Estava presente na assinatura do contrato realizada no Maresia quando o proprietário da empresa responsável pela construção (aplaudido de pé), disse que iria entregar a obra dentro do tempo estipulado. Mais uma vez caímos na conversa. E quem perdeu com isto? Em primeiro lugar foi o Porto Itapoá, o qual teve de passar por sérios transtornos para conseguir a liberação da passagem dos caminhões pelo município, já que a data prevista para a entrega ninguém sabe ao certo. Já a população teve de aceitar a convivência com um trânsito intenso de veículos pesados, que além da poeira, certamente causará um verdadeiro caos durante a temporada.
Quem paga a conta pela incompetência. A empresa certamente é que não, pois está recebendo normalmente, e agora sem a chuva para culpar.
Me lembro como se fosse hoje que na inauguração do Porto – onde o Urubuzão teve o prazer de ‘’meter o bico” num delicioso almoço (pra ninguém botar defeito) -, três dos mais importantes políticos do Estado, concluíram seus discursos com muita abobrinha (afinal não tinha este vegetal no cardápio), afirmando que a SC – 415 estaria pronta até “março” custasse o que custasse. O que não sabíamos, é que tanto o governador da época Leonel Pavan, o governador eleito Raimundo Colombo e o atual senador Luiz Henrique da Silveira estavam se referindo a março de 2012 ou 2013, afinal eles ‘nunca se enganam’.
Aos ‘bocudos’ que andam espalhando que eu ‘comi demais’ na recepção oferecida pelo porto para comemorar o início das operações, deixo apenas uma frase.
São seu olhos. Afinal o bico é grande e a barriga ainda maior. E de mais a mais, o cardápio do Restaurante Tambaiá é simplesmente divino. E aos que não se serviram para manter a etiqueta, deixo meu recado… Vocês não sabem o que perderam. E tenho dito.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: